MEU PÉ DOI


Um homem analfabeto pediu a Nasrudin que escrevesse uma carta para ele.Todavia Nasrudin recusou, dizendo:

- Infelizmente, eu não posso fazer isso agora porque os meus pés estão doendo demais.

- Seus pés? - O homem perguntou surpreso - O que isso tem a ver com o ato de escrever uma carta?

- Bem, - explicou Nasrudin - desde que ninguém além de mim é capaz de ler a minha caligrafia, eu tenho de ir onde quer que a carta vá, a fim de que eu mesmo possa lê-la para o destinatário.

 

 

VOLTAR PARA VER MAIS HISTÓRIAS >>>