A FRAQUEZA DOS REIS


Certa vez, Nasrudin foi à Corte usando um magnífico turbante. A intenção do Mullá era despertar o desejo do rei e vender-lhe o turbante. E, de acordo com sua expectativa, o rei perguntou:

– Nasrudin, quando você pagou por esta maravilha?

– Mil moedas de ouro, majestade.

O vizir percebeu a esperteza e cochichou ao rei:

– Ninguém, além de um idiota, pagaria tanto por um turbante.

O rei, influenciado pelo comentário, disse a Nasrudin:

– Por que você pagou tanto? Nunca ouvi falar que alguém tivesse dado essa quantia por um turbante.

– Paguei essa fortuna porque sabia que em todo o mundo só um rei compraria esse tipo de coisa.

Sensibilizado pelo elogio, o rei decidiu comprar o turbante pelas mil moedas de ouro.

Pouco depois, ao se encontrar só com o vizir, Nasrudin lhe disse:

– Você pode conhecer o valor de um turbante, mas sou eu quem conhece as fraquezas dos reis.

 

 

VOLTAR PARA VER MAIS HISTÓRIAS >>>