A ESPERANÇA DE MORRER


Nasrudin estava fazendo a sua primeira viagem de navio. Ele estava muito enjoado, sentindo-se tão mau que achava que ia morrer.

Quando ele falou o que estava sentindo a um marinheiro, este tentou confortá-lo dizendo:

— Não fique tão desanimado Senhor! Eu nunca vi ninguém morrer de enjôo!

— Não me diga isso! — gemeu Nasrudin — a esperança de morrer foi a única coisa que me manteve vivo até agora!

 

 

 

VOLTAR PARA VER MAIS HISTÓRIAS >>>