O ESCORPIÃO E A TARTARUGA


Querendo atravessar um rio, o escorpião, que não consegue nadar, perguntou à tartaruga:

– Posso atravessar esse rio agitado em suas costas?

– Você está louco? – respondeu a tartaruga – você me picará enquanto eu estiver nadando e me afogarei.

– Querida tartaruga, – respondeu o escorpião – se eu fosse picar você então o que disse seria uma verdade. Entretanto, eu iria com você para o fundo do rio. Ora, que lógica tem isso?

Depois de um momento de reflexão, a tartaruga convencida pelo escorpião, concordou em transportá-lo.

– Sobe, disse ela.

O escorpião subiu no casco da tartaruga e ela se jogou na água. Quando estava atingindo o meio do rio, o escorpião deu-lhe uma impiedosa ferroada. O veneno agiu quase que de imediato paralisando a tartaruga que não conseguiu mais nadar e começou a ir para o fundo, levando junto seu passageiro.

Com ar de indignação, voltando-se para o escorpião, a tartaruga disse:

– Quero lhe perguntar uma coisa: você disse que não havia lógica em você me picar. Por que o fez?

– Não tem nada que ver com a lógica, – respondeu ele – é simplesmente a minha natureza.

 

 

VOLTAR PARA VER MAIS HISTÓRIAS >>>